Francisco Moita Flores foi o convidado de destaque para a abertura da XXII Feira do Livro de Mêda.

Ontem, dia 01 pelas 14:30, na Biblioteca Municipal, o autor Francisco Moita Flores, acompanhado pelo Presidente da Câmara Municipal, Dr. Anselmo Sousa, do Presidente da Assembleia Municipal, Dr. João Lourenço, do Diretor do Agrupamento de Escolas do Concelho de Mêda, Prof. Edgard Pereira e pelo responsável da Biblioteca Municipal, Dr. Carlos Proença, visitou as instalações da Biblioteca Municipal, no seguimento da abertura da vigésima segunda edição da Feira do Livro de Mêda onde assistiu da sessão de abertura desta iniciativa e a uma breve interpretação musical de flauta pelos alunos do Agrupamento de Escolas.

De seguida, na Casa Municipal da Cultura, por ocasião do XXI Encontro do Clube de Leitura, o autor esteve à conversa com os presentes para discutir a obra “O Mistério de Campolide”. A abertura desta “tertúlia” do livro ficou a cargo do Presidente da Câmara Municipal que manifestou a sua satisfação por receber na nossa terra, uma figura marcante no panorama das letras como Francisco Moita Flores.

Francisco Moita Flores, antes de responder às perguntas, sobre a obra escolhida, pelos participantes Encontro de Leitura para debate, falou um pouco das suas “fontes de inspiração” e dirigiu uma atenção especial ao publico mais jovem que se encontrava na plateia, para que nunca deixe os livros de parte, pois estes são uma importante fonte de informação e conhecimento, sendo uma excelente companhia que nos acompanha no continuo processo de formação da nossa personalidade. Os livros contribuem o conhecimento do mundo que nos rodeia.

Salientou ainda a importância de ganharmos consciência da enorme e fantástica revolução tecnológica que estamos a viver e que está a mudar radicalmente o acesso à informação e ao conhecimento e mesmo a nossa maneira de viver, de pensar. A este propósito falou da importância dos afetos e das solidariedades que as máquinas não conseguem substituir.

Com a sua simplicidade, humor e simpatia, Francisco Moita Flores, cativou toda a assistência que lhe retribuiu com uma forte ovação. No final decorreu uma prolongada sessão de autógrafos. Na ocasião, foram-lhe entregues algumas lembranças para recordar a sua passagem pelas terras de Mêda.

A Feira do Livro prolonga-se até ao próximo domingo dia 07, com destaque para o II Encontro de Coros de Mêda, no sábado e, dramatizações teatrais, no domingo. Pode consultar o programa da Feira do Livro clicando aqui

 

Galeria Multimédia

Galeria de Fotografias

Reportagem Vídeo