Abril – Mês da Prevenção dos Maus Tratos na Infância 2019

No âmbito do Mês de Prevenção dos Maus Tratos na Infância – Abril 2019, o Município de Mêda, em Conjunto com a Comissão de Protecção de Crianças e Jovens de Mêda, aderiu novamente a esta iniciativa através da “Campanha Laço Azul”, com o objetivo de sensibilizar e alertar a comunidade a cerca desta problemática.

A campanha deste ano com o lema “Serei o que me Deres… Que seja Amor!” arrancou no dia 4 de abril com a distribuição de material de sensibilização. Na manhã de ontem, dia 11, houve lugar à colocação de um Laço Azul em frente à sede da CPCJ, seguindo-se uma Caminhada pela Prevenção dos Maus-Tratos na Infância com a distribuição de material de sensibilização relativa a esta campanha. Participaram nesta caminhada os jovens e crianças que participam nas atividades das Férias Desportivas promovidas pelo Complexo Desportivo, os participantes das Férias em Movimento organizadas pelo CLDS de Mêda, assim como as crianças do C.A.T.L da Santa Casa da Miseriórdia. Posteriormente, juntaram-se ao grupo, as crianças do Jardim de Infância onde foram recebidas pelo Presidente da Câmara Municipal.

A Campanha do Laço Azul (Blue Ribbon) iniciou-se em 1989, na Virgínia, E.U.A., quando uma avó, Bonnie W. Finney, amarrou uma fita azul à antena do seu carro “para fazer com que as pessoas se questionassem”.

A história que Bonnie Finney contou aos elementos da comunidade que se revelaram “curiosos” foi trágica e sobre os maus-tratos à sua neta, os quais já tinham morto o seu neto de forma brutal. E porquê azul? Porque apesar do azul ser uma cor bonita, Bonnie Finney não queria esquecer os corpos batidos e cheios de nódoas negras dos seus dois netos. O azul servir-lhe-ia como um lembrete constante para a sua luta na proteção das crianças contra os maus-tratos. Bonnie Finney demonstrou-nos como o efeito da preocupação de um único cidadão pode ter no despertar das consciências do público, em geral, relativamente aos maus-tratos contra as crianças, na sua prevenção e na promoção e proteção dos seus direitos.

Está previsto, para o dia 30, a realização de um “Laço Humano” com os alunos dos estabelecimentos de ensino do concelho.

 

Galeria de Fotografias

~